Beco TV - Notícias da Televisão

BBB-21 > Arthur ameaça Fiuk mas corre com medo de Juliette

 

BBB-21 > Arthur ameaça Fiuk mas corre com medo de Juliette

Segunda-feira é dia de fogo no parquinho do Big Brother Brasil. Na noite de ontem, 05 de abril, Tiago Leifert propôs ao grupo de confinados o Jogo da Discórdia e a casa mais vigiada do Brasil pegou fogo, literalmente.

A dinâmica do jogo consistia em cada brother apontar quem era o melhor jogador, o pior jogador e o jogador que jogava mais sujo.

Fiuk e Arthur sempre se estranharam desde o incido da competição, uma semana atrás tentaram apaziguar os ânimos, mas ontem voltaram a trocar farpas, reavivando velhas feridas.

Quando chegou a vez de Fiuk, ele apontou João como o melhor jogador e Arthur com o pior e o que joga mais sujo.

”É uma pessoa que mente, que finge, que foi incoerente em vários momentos e mudou de acordo com as pessoas que foram saindo daqui [...] Foi um cara que me machucou de graça desde o começo, não quis conversar comigo, virou a cara pra mim, se dependesse dele ele não falaria mais comigo desde o começo do jogo. Desde o começo eu insisto, 'vamos conversar', não olhava na minha cara. Tive que apertar a mão dele e falar: 'Fala comigo, Arthur'. Foi lá e me botou no paredão e insistiu nisso. Inventou mentiras sobre o Gil, que é uma pessoa que eu gosto muito aqui dentro quase criou um conflito gigante com ele por causa disso”, disse o filho de Fábio Jr.

Depois Fiuk foi se sentar no seu banquinho, justamente ao lado de Arthur, que soltou o verbo:

“Cuzão”, disse Arthur.

Fiuk se levantou para peitar Arthur, que também se levantou.

“Covarde, mano”, disse o ator.

“Sou mesmo”, respondeu o crossft.

Alguns brothers se levantaram e se colocaram entre os dois para apartar a iminente briga.

No entanto toda a bravura de Arthur desapareceu quando chegou a vez de Juliette. A advogada foi a última a falar no jogo e não mediu palavras:

"Ele fez exatamente como ele acabou de fazer com o Fiuk. Ele me gritou, e eu perguntei o porquê, ele me virou e disse: 'Chata do caralho'. Essa linguagem eu sei fazer, eu não faço porque eu respeito as pessoas, mas você não merece”.

E continuou afirmando que já o tinha chamado de imbecil e não muda de opinião. E disse-lhe na cara que não tinha medo, caso de metesse a besta ainda iria ouvir muito mais.

Arthur, que antes ameaçara bater no Fiuk, ficou caladinho ouvindo todas as ofensas da paraibano, limitando apenas a dizer:

“Tudo bem”.

 

Leia mais

Ø  Globo transmite Flamengo e Palmeiras na manhã do próximo domingo pela decisão da Supercopa do Brasil

 


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem